Portal do Corretor
 

Dicas para construir a casa dos seus sonhos!

Planejar a casa que você e sua família vão morar dá um pouco de trabalho e exige paciência. E para que esse plano seja executado com sucesso, é preciso juntar dinheiro, contratar bons profissionais e ter um projeto que atenda suas necessidades e acompanhar a obra.

Confira algumas dicas para te dar uma mãozinha no passo-a-passo da construção da sua casa e, mãos a obra!

 
 

Escolha do terreno

É importante avaliar a topografia dos terrenos e conhecer a orientação solar do local. Segundo a arquiteta Maria Cristina, é importante que a casa receba luz do sol para que ela seja mais saudável. "O ambiente em que as pessoas passam mais tempo devem ser aqueles que estejam fora da face sul, onde o sol não alcança", explica. Escolha o terreno que se adeque as suas necessidades e das pessoas que irão morar com você.

Legislações de cada município

Um bom profissional, seja arquiteto ou engenheiro, vai levantar na prefeitura quais as leis que precisam ser respeitadas para a construção de uma casa. Para se aproveitar um terreno completamente e orientar o cliente precisa verificar quais são os recuos mínimos para as laterais da casa, já que a lei de zoneamento vai sugerir medidas.

Conversa com a família

Antes de o projeto ser elaborado, é indicado conversar abertamente com a família para conhecer os hábitos e hobbies de cada pessoa que vai morar na casa. Outro ponto é pensar na constituição da família no futuro, como por exemplo: Vou ter mais filhos? Uma casa é um investimento para toda a vida e muitas pessoas têm vergonha de expor a sua intimidade para o arquiteto.

Mão de obra

Hoje pequenas construtoras oferecem serviços de construção de casas e é possível avaliar o quanto você gasta por mês e o tempo que a obra vai levar. É uma boa alternativa para quem tem um prazo. Ter um pedreiro de confiança pode ser uma opção, mas é preciso guardar um dinheiro extra para eventuais acidentes e com o desperdício de material". A responsabilidade civil e criminal fica por conta da pessoa que não tiver um profissional habilitado para acompanhar", explica Maria Cristina.

Ela ainda aconselha a não economizar na compra das instalações elétricas e hidráulicas, que podem gerar futuramente em quebra de alvenaria e trabalho refeito. É preciso quantificar o número de material usado como blocos, tijolos, cimento e tinta para que não haja desperdício.

Acabamento: nesta fase da obra, é preciso pensar em uma reserva de material de acabamento, pois quebras são frequentes. Mas é um detalhe que valoriza muito a casa. É importante comprar produtos duráveis e escolher cores que não sejam cansativas. Agora que você já sabe o passo-a-passo, que tal começar a construir a sua tão sonhada casa? Conheça nossos loteamentos que já estão liberados para você construir!

Fonte: Zap Imóveis